Pages

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

DEFESA CIVIL E BOMBEIROS DIVULGAM 1º RELATÓRIO DAS ÁREAS DE RISCO

Junto com o lançamento do relatório foi lançado pela Emparn um boletim meteorológico para divulgar a situação das chuvas a cada 72h.

O Rio Grande do Norte não escapou dos incidentes pelas fortes chuvas. Algumas cidades no interior do estado passaram por situações difíceis, com casas inundadas e pessoas desabrigadas. Visando prevenir maiores problemas a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) lançou nesta segunda-feira (31) um novo tipo de boletim meteorológico.

Este boletim terá o prazo de apenas 72h (três dias) para assim ter uma previsão exata e mais confiável, ajudando as cidades a tomarem medidas preventivas para evitar novas catástrofes. O gerente de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bistrot, informou que este boletim será atualizado e divulgado diariamente para assim ajudar os municípios a se prevenir em caso de mudança do tempo.

Além do lançamento do boletim, o comandante Elizeu Dantas, do Corpo de Bombeiros, lançou um alerta à população destas cidades assoladas pelas chuvas, pois a população curiosa para ver a situação dos açudes termina se aproximando das áreas de risco e muitas vezes até subindo nos pontos desgastados pelo processo de erosão acelerando o desgaste e correndo risco de acidente.

“A população tem que se conscientizar que aquilo é uma área de risco e não um ponto turístico. Quando estivemos lá em Tangará pudemos testemunhar algumas pessoas em cima do ponto de risco, onde o açude estava com os maiores desgastes ocasionados pelo processo de erosão, causando até que esse processo acelere. Desta forma é importante que eles não se aproximem de lá”, avisa Eliseu Dantas.

Estas constatações foram feitas pela Defesa Civil, pelo Corpo de Bombeiros do RN e pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), que visitaram os municípios de Boa Saúde (69 km), Tangará (82 km) e em Cacimba de Baixo que é distrito do município de Serra Caiada (66 km) para realizar um levantamento e cadastramento de locais de abrigo para alojar os possíveis desabrigados e que obras estão sendo realizadas para evitar o sangramento das barragens e açudes.

A comissão era composta pelo titular da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), Thiago Cortez, junto com o gerente de Meteorologia da (Emparn), Gilmar Bistrot, e com o comandante do Corpo de Bombeiros do RN, o comandante Elizeu Dantas, além do coronel Josenildo Acioli que é o coordenador da Defesa Civil.

O lançamento deste boletim foi realizado nesta segunda-feira (31) no auditório da Governadoria, onde o secretário Thiago Cortez informou os números finais do alagamento da cidade de Jucurutú, onde 135 casas do bairro de Vila Santa Isabel foram invadidas pelas águas e 429 pessoas ficaram desabrigadas. E nas estações elevatórias de água estavam com defeito nas comportas e bombas por falta de manutenção.

Nenhum comentário: