Pages

quinta-feira, 31 de maio de 2012

INSTALADO GRUPO DE TRABALHO QUE GERENCIARÁ EMPREENDEDOR INDIVIDUAL

31_MAI - Empreendedor individual 008 copyNúmero de adesões ao programa superou 2,4 milhões

Durante a instalação do grupo de trabalho responsável pela gestão do Empreendedor Individual (EI), o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, destacou a importância de as entidades envolvidas no programa trabalharem para garantir não apenas o aumento no número de adesões, mas também a sustentabilidade dessa categoria de empreendedores. O ministro informou que o número de formalizações já superou a marca de 2,4 milhões.

“Isso se deu devido ao grande mutirão que foi constituído para formalizar esses empreendedores. O desafio que temos pela frente é garantir que essas pessoas possam melhorar seus negócios e aumentar sua renda. Para que esse objetivo seja alcançado, temos que oferecer capacitação, assistência técnica e acesso ao crédito”, afirmou Garibaldi Alves Filho.

O ministro da Previdência Social também falou sobre a necessidade de investir em uma campanha publicitária que informe à população os detalhes do programa Empreendedor Individual. Ele opinou que a melhor propaganda seria abrir espaço para empreendedores já regularizados contarem sua experiência. Garibaldi pediu aos prefeitos uma maior participação no esforço de regularizar mais empreendedores individuais.

Já o diretor-presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho, informou que a meta do programa Empreendedor Individual é ultrapassar as 4 milhões de adesões em 2014. Ele também ressaltou a importância de uma maior participação dos municípios para que esse objetivo seja alcançado. “Como esse é ano de eleição municipal, vamos fazer um esforço para que a nova geração de prefeitos possa seguir o exemplo do que hoje é desenvolvido com sucesso pela prefeitura de Campo Grande (MS)”, declarou.

Presente à reunião de instalação do grupo gestor do Empreendedor Individual, o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, informou que em três anos 11.828 empreendedores individuais foram formalizados no município. O prefeito explicou que a aprovação de uma lei municipal instituindo um regime tributário diferenciado permitiu que esse resultado fosse alcançado. “Também combatemos a burocracia e possibilitamos maior agilidade na abertura e funcionamento da empresa”, acrescentou.

Por sua vez, o deputado federal Guilherme Campos lamentou que até o momento poucas prefeituras estejam investindo no Empreendedor Individual, como fez Campo Grande. Ele também defendeu a necessidade de uma maior divulgação sobre os detalhes do programa. “A maioria tem medo de aderir por falta de conhecimento”, destacou. O também deputado federal Leonardo Quintão enumerou algumas vantagens do empreendedor individual: acesso ao crédito, cobertura previdenciária, crescimento da autoestima e possibilidade de realizar negócio com entes públicos ou grandes empresas.

Nenhum comentário: